Archive

Arquivos de tag para " Jornada do Herói "

As Jornadas Evolutivas

cavaleiro medieval

A Jornada do Herói, inicialmente descrita por Joseph Campbell no seu livro O Herói de Mil Faces, já é bastante conhecida do público em geral, podendo ser vista desde desenhos da Disney – que a usa propositadamente – até sagas como Guerra nas Estrelas.
Porém, há outras jornadas que guardam similaridade com a Jornada do Herói e são menos exploradas.

São elas:

1. A Jornada do Vilão, que tem seu protótipo em MacBeth e, mais recentemente, Darth Vader. É o contraponto da Jornada do Herói. Ele normalmente começa como um caráter bom ou neutro, é corrompido pelas forças do Mal e tem um confronto com alguém que pode enfrentá-lo. O resultado final pode ser a morte do Vilão, sua redenção ou sua derrota parcial, indicando que o Mal nunca é totalmente derrotado.

Darth Vader

2. A Jornada do Louco do Tarot. O Louco percorre os outros 21 arcanos, aprendendo uma lição com cada um deles. Fora do Tarot, há a viagem de O Pequeno Príncipe.


O Pequeno Príncipe

3. A Jornada do Sofredor ou Via Crucis. Pode ser a Jornada de Cristo ou algo que guarde semelhança. Tem três fases:

a. A Vida é Bela (corresponde aos Mistérios Gozosos da religião católica). Em geral, do nascimento até o início da vida adulta. Pode ser uma vida comum ou uma vida de luxo e esplendor. Na doutrina cristã narra a infância de Cristo até sua adolescência.
b. Perseguição e Morte (corresponde aos Mistérios Dolorosos da religião católica). Por uma injustiça, o herói é perseguido e sofre uma escalada de torturas até a morte. Na doutrina cristã, narra a Paixão e Morte de Cristo.
c. Ressurreição (corresponde aos Mistérios Gloriosos da religião católica). O Herói, dado como morto, ressurge com força total e reestabelece seu poder. Na doutrina cristã, narra a Ressurreição de Cristo.

Via Crucis2

4. A Jornada do Astro. Cada um dos planetas e os luminares de um mapa natal retornará à sua posição original, a pós um ciclo determinado, percorrendo todos os signos do Zodíaco. Um ano para o Sol, 29 dias para a Lua, 12 anos para Júpiter, etc.. Marcando ciclos na vida de um indivíduo. Um exemplo é a saga dos Cavaleiros do Zodíaco, onde na fase final os cavaleiros têm que percorrer cada uma das 12 casas.

O Astrologo e sua Jornada

Todas estas jornadas têm em comum serem uma jornada evolutiva. O Herói, O Vilão, o Louco, o Sofredor ou o Astro saem de um estado e chegam a algum outro diferente do início, num patamar mais alto, mesmo o Vilão. O Vilão pode ser encarado como o Sombra, algo que pertence a nós mas que negamos.

Assim percorrer qualquer um dos caminhos nos ajudará a ter uma melhor compreensão de nós mesmos.