Archive

Arquivos de tag para " Arcanos Maiores "

O Feminino no Tarot

Tarot e o Fminino

Dia 8 de Março é o Dia Internacional da Mulher. Normalmente se misturam homenagens pífias, como rosas na mesa das secretárias e também a lembrança de que, como o Primeiro de Maio, é um dia de luta.

Um posicionamento desta luta é busca de maior representatividade nos diversos meios de expressão.

Escolhi o Tarot dentre os diversos oráculos para analisar e ver como está a representatividade da mulher.

Arcanos Maiores

Dos vinte e dois arcanos, nove representam o Masculino e oito, o Feminino. Há também cinco arcanos relacionados a eventos, como O Julgamento, ou com a presença de ambos os gêneros, como Os Enamorados.

Arcanos Maiores Segundo Gênero

Femininos

Masculinos

Neutros

A Sacerdotisa

O Louco

Os Enamorados

A Imperatriz

O Mago

A Roda da Fortuna

A Força

O Imperador

A Torre

A Justiça

O Papa

O Julgamento

A Morte

O Carro

O Mundo

A Temperança

O Eremita

A Estrela

O Enforcado

A Lua

O Diabo

O Sol

É interessante notar a presença da Sacerdotisa ou Papisa (arcano II), indicando influência de religiões pagãs ou uma referência à Joana, Papisa, lenda (ou fato) veementemente negada pela Igreja Católica. De qualquer forma, representa uma força feminina num mundo essencialmente masculino.

02 A Papisa Tarot Waite2

Merece destaque A Força, que eu considero um empoderamento do feminino muito significativo, considerando que o Tarot como o conhecemos nasceu no século XIV ou XV. Esta carta representa uma jovem delicadamente segurando a boca de um leão. O leão normalmente está associado ao poder. O poder sempre é visto como atributo masculino e nesta carta vemos uma mulher domando este poder com delicadeza. A Força está nas mãos daquela que, na visão cultural da época, é mais fraca.

A Força

 

Outro ponto a observar é a carta O Mundo. O Mundo representa a harmonização total, o final da jornada evolutiva do ser humano e é representada por um ser andrógino, onde os opostos masculino e feminino foram unificados.

Arcanos menores

Nos arcanos menores temos em primeiro lugar a divisão segundo os elementos. O naipe de espadas, correspondendo ao elemento ar seria predominantemente masculino, enquanto que o naipe de copas, correspondendo ao elemento água, seria predominantemente feminino.

O naipe de paus, associado ao elemento fogo e o naipe de ouros, associado ao elemento terra, não tem associações fortes com um gênero.

As cartas da corte, O Rei e O Cavaleiro seriam as figuras masculinas, a Rainha, feminina e O Pagem seria uma criança pré púbere, onde as características sexuais não estariam plenamente desenvolvidas. Normalmente associada a um menino, pois a maioria dos pagens eram escudeiros, embora houvesse as damas de companhia.

Cavaleiro de Paius

Alguns tarots desenhados a partir do século XIX procuram equilibrar estas cartas, transformando O Pagem numa figura feminina. No Tarot Encantado, por exemplo, O Pagem torna-se A Princesa.

princesacopas

Os arcanos menores deram origem ao baralho comum onde a figura do cavaleiro foi suprimida.

Entre os baralhos usados em jogos de cartas, está o baralho espanhol que em vez de suprimir o cavaleiro, suprime a rainha, tornando-o essencialmente masculino.

Conclusão

Percebe-se que o Tarot, nos arcanos maiores, a representação do feminino é significativa, porém nos menores, ela tende mais para o masculino.

Há vários baralhos que buscam equilibrar os gêneros nos arcanos menores, substituindo O Pagem por A Princesa.

Na contra mão está o baralho espanhol, que simplesmente elimina a rainha.