Alinhamento dos Planetas em Janeiro e Fevereiro 2016

Ceu 31/01/2016 Stellarium

Imagem obtida pelo programa Stellarium

Durante um mês, que começou dia 20 de Janeiro e terminará dia 20 de fevereiro, os cinco planetas visíveis a olho nu – Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno – estarão formando uma linha nos céus. Esse fenômeno é astronomicamente relevante, esteticamente belo, porém não é astrologicamente espetacular. Não se trata de uma conjunção juntando os cinco planetas visíveis, mas apenas estarão alinhados no céu.

Ceu 31 01 2016 astrologia What Watch

Céu 31 01 2016 do ponto de vista Astrológico

 

Observe o mapa do dia 20 de janeiro. Os planetas alinhados não formam aspectos significativos entre si, com exceção de Mercúrio, que já está em conjunção com Plutão, aproximando-se de uma conjunção com Vênus. A conjunção entre Mercúrio e Plutão traz facilidades na comunicação, tornando intensa a vida social, como também escândalos e maledicência, tanto a nível do indivíduo, como coletivo. Basta abrir os jornais para ver. Uma conjunção de Mercúrio com Vênus traz a diplomacia para centro dos acontecimentos. O tumulto que estamos vendo agora tenderá a se amainar, assim que as influências desta conjunção próxima se façam sentir.

Entretanto, no dia próximo dia dois de fevereiro teremos algo bastante digno de nota, astrologicamente falando. Uma conjunção quádrupla entre Lua, Vênus, Mercúrio e Plutão. Ela não é perfeita, já que Mercúrio está 5 graus distante. Numa situação destas, na minha opinião, é lícito considerar o orbe de Mercúrio (10º) e aproximá-lo desta conjunção, dada a capacidade deste astro de absorver as características dos planetas em que entra em contato. Mercúrio receberá toda esta influência e a propagará por onde andar, fazendo seu papel de mensageiro.

Astrologia 02/02/2016

Conjunção Quádrupla em 02/02/2016

Estes quatro astros estarão sobre o signo de Capricórnio, um signo de Terra, o que trará excesso deste elemento para o mapa como um todo. Isso significa estabilidade, determinação, mas também teimosia. Enquanto durar o excesso de Terra, as coisas dificilmente mudarão.

Capricórnio traz a razão sobre a emoção, que não significa que elas estejam ausentes. O amor estará centrado na construção do futuro, do tipo “quem casa, quer casa”. A raiva e o ciúme se transformam em vingança. Uma vingança planejada com cuidado.

Excesso de Terra 02/02/3016

Há visivelmente excesso de Terra no céu de 02/02/2016

 

A Lua contudo aumenta o emocional e em conjunção com Mercúrio bagunça esta pretensa racionalidade, já que esta conjunção faz com que o emocional seja mascarado por uma argumentação racional, como se estivéssemos justificando uma ação impensada por meio de uma desculpa pretensamente racional. Como temos Plutão presente, isso será coletivo. Cuidado com lideranças com fala muito emotiva. Alerta: neste momento estamos propensos a acreditar em discursos baseados em emoções, como exaltação ao nacionalismo, ódio a povos, culturas e ideologias.

Temos também a presença de Vênus. Vênus e Lua em conjunção trazem instabilidade pra as relações familiares. Felizmente Mercúrio esta aí para trazer diplomacia. Mas, cuidado com a manipulação, o lado negativo desta diplomacia. E Plutão agrava a questão de ciúme. Muitas discussões familiares rodearão tema. E, como já foi advertido anteriormente, tudo isto está ocorrendo em Capricórnio, que racionaliza todas as emoções. Cuidado com a vingança. Ela pode partir de uma ação sua, com resultados não desejados permanentes que precisam ser ponderados (uma vingança por ciúmes pode redundar em divórcio) ou você ser vítima dela. As pazes podem ser apenas aparentes. Melhor se preparar para o pior. Em nível coletivo, acordos podem ser desfeitos, alianças políticas quebradas e os resultados podem não ser bons para os envolvidos de qualquer lado.

O que fazer então? A Astrologia como qualquer oráculo traz uma informação que tem que ser trabalhada para ser transcendida. Os astros trazem influência como as nuvens trazem chuvas. Alguns vão se abrigar delas, outros terão capa e guarda-chuva e outros vão se molhar. Dos que vão se molhar, alguns não vão gostar e outros vão achar divertido. O serviço de meteorologia já fez a previsão. Levou ou não o guarda-chuva?

0
Compartilhamentos
Alvaro Domingues
 

Filósofo, escritor e oraculista.